AÇÃO MISSIONÁRIA INTERNACIONAL

O intuito principal é o Evangelismo e a comunhão entre os irmãos de diversas denominações.

Infelizmente a realidade da chamada “igreja evangélica” é ser o povo mais divido à face da terra. Acabar com o isolamento que muitos, pequenos grupos evangélicos, enfrentam, por medo, por pressão, por “n” motivos. Curar os feridos em “nome de Deus”. Acabar com barreiras denominacionais.

Um mal terrível em nossa era é o denominacionalismo. Quantas denominações existem? Quantas foram criadas nas últimas duas décadas? Todas aprofundando ainda mais as diferenças e o individualismo. Em que somos semelhantes à igreja primitiva? Onde está aquela igreja poderosa que em pouco tempo abalou sua época?

Reuniões em locais neutros em dias alternados aos cultos locais – sala de conferencias, hotéis, teatros, etc. Modelo: Encontros de Paz (reuniões de diversas denominações, realizadas na década de 80 na cidade de São Paulo, organizadas pela Comunidade da Graça e que trazia diversos pregadores, promovendo a unidade e o fortalecimento da Igreja de Cristo). Reuniões para estudar a Palavra de Deus, orar e fortalecer uns aos outros, ter comunhão.

Outra forma é cooperar com as Igrejas Locais em seus eventos de evangelismo, procurando atender as necessidades ou deficiências apresentadas, apoiando e ajudando a liderança local.

AMI pretende ser um movimento de ação espontânea totalmente dirigida pelo Espírito de Deus. Equipar a Igreja com armas espirituais preparando seus obreiros e irmãos em Cristo, poderemos promover diversas atividades: Seminários, Cursos, Workshops com vários ministros e mestres da Palavra de Deus.

Se deixarmos o Espírito de Deus agir em nossas vidas e não impedirmos de alguma forma este agir, o Evangelho do Reino será pregado em todas as nações e então virá o fim. Mt. 24:14

Certa vez o Pastor Jonas Santana teve uma visão:

Sobre uma mesa havia uma porção de mercúrio liquido (o mesmo dos termômetros) e estava espalhado em vários bocados. À medida que o ar aquecia este mercúrio se ajuntava até que todas as partes se tornassem uma só. E o Espírito de Deus lhe disse que assim será: Ele vai unir muitos homens de Deus, de várias partes do mundo, estes vão se unir, não haverá liderança imposta por homens, que se auto nomeiam, nem “apóstolos” usurpando autoridade, mas, será o Senhor o líder deste grupo. Estes homens têm buscado o Senhor, desejam o Senhor, amam o Senhor e desejam ver o Reino de Deus implantando em toda a terra. À medida que o Espírito Santo estiver agindo (calor) ocorrerá à união destes homens e assim haverá condições para um grande avivamento.

Este é o desejo da AEMSF com o projeto AMI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image